Tradutor - Translate


Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

Minha foto

                    Trabalho com vendas direta no mercado informal, sou artesã por gosto e vocação nas horas vagas, ou quase sempre. Pra falar a verdade eu acho que  nasci pra fazer arte .Adoro meus animais de estimação, a Vida, meu maridão, meus amigos .Embora pareça uma pessoas mal humorada e brava, não sou, só parece.É só saber levar que fica fácil. Enfim com o tempo vc decide quem sou eu !!! Adoro a Natureza e fico muito irritada quando vejo tanta destruição, maldade principalmente com os animais, isso realmente me irrita e preocupa. Mas vou vivendo com amor e carinho, num caso de amor e cumplicidade eterno com a vida.

quarta-feira, 23 de abril de 2014

23 de Abril - Dia Nacional do Choro







No dia 23 de abril  comemora-se o Dia Nacional do Choro, trata-se de uma homenagem ao nascimento de Pixinguinha. A data foi criada oficialmente em 4 de setembro de 2000, quando foi sancionada lei originada por iniciativa do bandolinistaHamilton de Holanda e seus alunos da Escola de Choro Raphael Rabello.
Em 2014, foi homenageado pela escola de samba Mocidade Unida da Mooca campeã do quarto grupo.


                                   Pixinguinha




Pixinguinha era filho do músico Alfredo da Rocha Vianna, funcionário dos correios, flautista e que possuía uma gran

                                         Composições

  • A pombinha (com Donga)
  • A vida é um buraco
  • Aberlado
  • Abraçando Jacaré
  • Aguenta, seu Fulgêncio (com Lourenço Lamartine)
  • Ai, eu queria (com Vidraça)
  • Ainda existe
  • Ainda me Recordo
  • Amigo do povo
  • Assim é que é
  • Benguelê
  • Bianca (com Andreoni)
  • Buquê de flores (com W. Falcão)
  • Cafezal em flor (com Eugênio Fonseca)
  • Carinhos
  • Carinhoso (com João de Barro)
  • Carnavá tá aí (com Josué de Barros)
  • Casado na orgia (com João da Baiana)
  • Casamento do coronel Cristino
  • Céu do Brasil (com Gomes Filho)
  • Chorei
  • Chorinho no parque São Jorge (com Salgado Filho)
  • Cochichando (com João de Barro e Alberto Ribeiro)
  • Conversa de crioulo (com Donga e João de Baiana)
  • Dança dos ursos
  • Dando topada
  • Desprezado
  • Displicente
  • Dominante
  • Dominó
  • Encantadora
  • Estou voltando
  • Eu sou gozado assim
  • Fala baixinho (com Hermínio Bello de Carvalho)
  • Festa de branco (com Baiano)
  • Foi muamba (com Índio)
  • Fonte abandonada (com Índio)
  • Fraternidade
  • Gargalhada
  • Gavião calçudo (com Cícero de Almeida)
  • Glória
  • Guiomar (com Baiano)
  • Há! hu! lá! ho! (com Donga e João da Baiana)
  • Harmonia das flores (com Hermínio Bello de Carvalho)
  • Hino a Ramos
  • Infantil
  • Iolanda
  • Isso é que é viver (com Hermínio Bello de Carvalho)
  • Isto não se faz (com Hermínio Bello de Carvalho)
  • Já andei (com Donga e João da Baiana)
  • Já te digo (com China)
  • Jardim de Ilara (com C. M. Costal)
  • Knock-out
  • Lamento
  • Lamentos (com Vinícius de Moraes)
  • Lá-ré
  • Leonor
  • Levante, meu nego
  • Lusitânia (com F. G. D. )
  • Mais quinze dias
  • Mama, meu netinho (com Jararaca)
  • Mamãe Isabé (com João da Baiana)
  • Marreco quer água
  • Meu coração não te quer (com E. Almeida)
  • Mi tristezas solo iloro
  • Mulata baiana (com Gastão Vianna)
  • Mulher boêmia
  • Mundo melhor (com Vinícius de Moraes)
  • Não gostei dos teus olhos (com João da Baiana)
  • Não posso mais
  • Naquele tempo (com Benedito Lacerda e Reginaldo Bessa)
  • Nasci pra domador (com Valfrido Silva)
  • No elevador
  • Noite e dia (com W. Falcão)
  • Nostalgia ao luar
  • Número um
  • O meu conselho
  • Os batutas (com Duque)
  • Os cinco companheiros
  • Os home implica comigo (com Carmen Miranda)
  • Onde foi Isabé
  • Oscarina
  • Paciente
  • Página de dor (com Índio)
  • Papagaio sabido (com C. Araújo)
  • Patrão, prenda seu gado (com Donga e João da Baiana)
  • Pé de mulata
  • Poema de raça (com Z. Reis e Benedito Lacerda)
  • Poética
  • Por vôce fiz o que pude (com Beltrão)
  • Pretensiosa
  • Promessa
  • Que perigo
  • Que querê (com Donga e João da Baiana)
  • Quem foi que disse
  • Raiado (com Gastão Vianna)
  • Rancho abandonado (com Índio)
  • Recordando
  • Rosa (com Otávio de Sousa)
  • Rosa
  • Samba de fato (com Baiano)
  • Samba de nego
  • Samba do urubu
  • Samba fúnebre (com Vinícius de Moraes)
  • Samba na areia
  • Sapequinha
  • Saudade do cavaquinho (com Muraro)
  • Seresteiro
  • Sofres porque queres
  • Solidão
  • Sonho da Índia (com N. N. e Duque)
  • Stella (com de Castro e Sousa)
  • Teu aniversário
  • Teus ciúmes
  • Triangular
  • Tristezas não pagam dívidas
  • Um a zero (com Benedito Lacerda)
  • Um caso perdido
  • Uma festa de Nanã (com Gastão Vianna) * Urubu
  • Vamos brincar
  • Variações sobre o urubu e o gavião
  • Vem cá! não vou!
  • Vi o pombo gemê (com Donga e João da Baiana)
  • Você é bamba (com Baiano)
  • Você não deve beber (com Manuel Ribeiro)
  • Vou pra casa
  • Xou Kuringa (com Donga e João da Baiana)
  • Yaô africano (com Gastão Vianna)
  • Zé Barbino (com Jararaca)
  • Proezas de Solon
  • Vou Vivendo

Informações obtidas em pesquisa na wikipédia





Nenhum comentário:

Postar um comentário