Tradutor - Translate


Google-Translate-ChineseGoogle-Translate-Portuguese to FrenchGoogle-Translate-Portuguese to GermanGoogle-Translate-Portuguese to ItalianGoogle-Translate-Portuguese to JapaneseGoogle-Translate-Portuguese to EnglishGoogle-Translate-Portuguese to RussianGoogle-Translate-Portuguese to Spanish

Minha foto

                    Trabalho com vendas direta no mercado informal, sou artesã por gosto e vocação nas horas vagas, ou quase sempre. Pra falar a verdade eu acho que  nasci pra fazer arte .Adoro meus animais de estimação, a Vida, meu maridão, meus amigos .Embora pareça uma pessoas mal humorada e brava, não sou, só parece.É só saber levar que fica fácil. Enfim com o tempo vc decide quem sou eu !!! Adoro a Natureza e fico muito irritada quando vejo tanta destruição, maldade principalmente com os animais, isso realmente me irrita e preocupa. Mas vou vivendo com amor e carinho, num caso de amor e cumplicidade eterno com a vida.

domingo, 26 de outubro de 2014

Respostas para aquelas dúvidas sobre artesanato

de  em 16 de outubro de 2014 em Anotei na Caderneta

Considerações sobre dúvidas de artesanato
Não tem muito tempo escrevi um post compartilhando um momento pessoal de transição, contando das dúvidas que tinha sobre a qualidade do meu trabalho e sobre novos rumos a seguir. As dúvidas eram não só sobre artesanato em si, mas sobre a opção profissional que está em torno dele, e no meu caso específico sobre blogar.
Bom, a primeira coisa que tenho que dizer é que o retorno que recebi foi maravilhoso, inacreditável até. Foram inúmeros comentários deixados no post, emails recebidos, recados em redes sociais, tantos, mas tantos, que entendi que estou acertando bem mais que errando, e pra você que me escreveu, vai mais uma vez meu agradecimento carinhoso. 
Agora estou aqui de volta, mas desta vez pra dividir as considerações que resultaram desse questionamento, e que o seu auxílio transformou. Também quero dar partida numa nova discussão, e que talvez esteja te afetando bastante, pois é relacionada ao artesanato enquanto profissão e fonte de renda.
Sou artesã por essência, e mesmo me dedicando um bocado a aprender mais e a entender mais os assuntos que nos cercam, acabo personificando a frase “Faça o que digo e não faça o que eu faço.” Sempre repito pra quem me pergunta sobre obter sucesso com artesanato, que o ponto principal é ter foco. Mas lá vai Dona Cris Turek, formosinha, xeretando em toda novidade que vê pela frente,  8-O
Por isso uma das sugestões que recebi mais de uma vez acabou se tornando o ponto alto da minha lista de objetivos futuros. Aproveite e leve pra você:
  • Eleger prioridades
Eleger prioridades
Resumindo é isso que precisamos, eleger prioridades, focar, ser objetivos e administrar melhor nosso tempo em função do que definimos.
Nos cobramos muito o tempo todo, que se ainda não chegamos “lá” provavelmente não merecemos ou não nos esforçamos o suficiente. Sem nos deixar levar pela onda de superficialidade que rege tudo que acontece na internet, não podemos esquecer que temos feito muitos esforços sim, e que talvez só precisamos readapta-los e tomar uma postura diferente.
Auto cobrança pela eficiência, ok, mas sem nos escravizar, porque é o tipo de atitude que nos tira o foco. O tal foco. 
Para você viajante embarcado e embarcada nesse navio chamado Vila do Artesão, aviso que os ventos sempre sopram a favor de quem sabe pra onde quer ir. Segure firme, alguns ajustes acontecerão, mas só pra deixar a viagem mais alegre e divertida.
Enquanto ligo os motores me conte aí (agora vem o assunto para o próximo papo), como as suas dúvidas afetam o seu negócio de artesanato?
Eu vou te ajudar com o que aprendi. Deixe sua opinião, seu comentário ou sua pergunta. Vamos transformar essa conversa toda numa troca positiva porque esse papo vai continuar!!!! Estou esperando.
Todos os Créditos para :

 Cris Turek

Cris Turek é editora de conteúdo da Vila do Artesão com 7 anos de história no blog. Começou ativamente no artesanato com uma loja de arte popular que se chamava Vila do Artesão. Aí nasceu o elo entre Cris Turek e o artesanato. Desde então escreve posts focados no fazer artesanal e nas suas variadas formas de expressão, visando a divulgação de artesãos e o ensino virtual de suas técnicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário